Metro: Prossegue a justa luta dos trabalhadores do Metro em defesa da Empresa, dos Utentes e dos Direitos

Os trabalhadores do Metro constroem hoje uma grande jornada de luta, uma greve de 24 horas que está a paralizar a circulação desde as 23h30 de ontem. Uma luta justa - contra os roubos a trabalhadores e utentes para entregar milhões aos banqueiros, aos especuladores e às multinacionais que querem explorar o sistema. O deputado do PCP David Costa expressou junto do piquete de greve a activa solidariedade do PCP com a luta dos trabalhadores do Metro e o repúdio pelo comportamento da Administração que apenas às 22h45 deu informação aos utentes que o Metro encerraria às 23h30 criando transtornos propositados. Foi dado ainda conhecimento aos trabalhadores do requerimento metido por ocasião da anterior greve e a que o governo também não respondeu.

Ler Requerimento em PDF