Não tomam as medidas para o Metro funcionar regularmente, mas continuam a prometer coisas extraordinárias!

req metro anonovoO Governo continua a proibir a Administração do Metropolitano de contratar os trabalhadores em falta: faltam maquinistas para repor a oferta; faltam operários para dar resposta à manutenção de equipamento e infraestrutura; faltam trabalhadores para as estações. E o Metro continua sem dar resposta ao seu serviço regular porque faltam trabalhadores. Ora se o Metro não tem trabalhadores para a sua operação regular, muito menos os tem para operações extraordinárias, mesmo que organizadas às três pancadas, sem respeitar os utentes e tentando intimidar os trabalhadores. O PCP volta a questionar o Governo exigindo a entrada dos trabalhadores em falta.

Ler Requerimento em PDF