PCP assume três prioridades para o sector portuário: complementariedade dos Portos, ligação ao aparelho produtivo, trabalho com direitos!

O PCP aproveitou o debate sobre o Sector Portuário para colocar três questões centrais para o futuro do sector: o fim da ideia de concorrência entre os portos nacionais e antes a aposta na sua complementariedade; o fim da centralidade das preocupações da ligação dos portos à europa, e a prioridade à ligação do aparelho produtivo nacional aos portos; o fim da política de exploração, precariedade e baixos salários, e a aposto no trabalho digno e com direitos.