Colocar o Mar e os Portos ao serviço de um futuro digno para o povo e o país

mini-fotografia

O PCP reuniu hoje com a Frente Comum Sindical Maritimo-Portuária, ocasião para Jerónimo de Sousa transmitir a calorosa e fraterna saudação do PCP à justa luta dos trabalhadores deste sector, luta que em 2013 se terá que intensificar, seja contra a tentativa de implementação da precariedade total nos portos por via da lei que PSD, CDS e PS aprovaram em Dezembro, seja por via da resistência aos roubos sucessivos que afectam os trabalhadores do sector, seja contra a degradação das condições de segurança na actividade maritima-portuária.

Uma reunião ainda aproveitada para sublinhar que para o PCP, não é inevitável este rumo de empobrecimento e desastre, que existe uma alternativa, mas que é na crescente unidade e luta dos trabalhadores que está o caminho para construir essa alternativa e que só com os trabalhadores se pode o colocar o mar e os portos ao serviço de um futuro digno para o povo e o país.

Ler Nota em PDF