43 - Fuga de Caxias

A evasão foi minuciosa e longamente estudada e organizada sob a orientação do Partido. No dia marcado, 4 de Dezembro de 1961, às 10 horas, o militante António Tereso, conduzindo um pesado carro blindado – que Salazar utilizara e estava no Forte para reparação – despedaça os portões de acesso ao pátio do Forte de Caxias e desaparece perseguido pelos tiros da GNR. Nele seguiam, dirigentes e quadros destacados do Partido: Francisco Miguel, José Magro, Guilherme da Costa Carvalho, António Gervásio, Domingos Abrantes, Ilídio Esteves.

 

Para aprofundar o tema:
 


Próximo Painel: 44 - Assassinato de José Dias Coelho