PCP avança com iniciativas legislativas para travar o agente único nos comboios

rect3699O PCP avançou com duas iniciativas legislativas para tentar travar a alteração em curso nos regulamentos ferroviários que permitiria a generalização do agente único nos comboios de passageiros e mercadorias. Fá-lo em nome da segurança ferroviária, da qualidade do serviço e das condições de trabalho dos ferroviários. Nada justifica (excepto a sede de lucros de mia dúzia) que se continue a retirar trabalhadores à operação aumentando o risco, degradando as condições de utilização do serviço, facilitando a própria degradação do material e da infraestrutura. Pelo contrário, o país o que precisava é que mais trabalhadores fossem integrados na ferrovia, nomeadamente acabando com as estações abandonadas e os comboios sem a tripulação devida, e reforçando o trabalho de manutenção de um investimento público que merece ser mais rentabilizado pelo país em vez de colocado ao serviço dos lucros de meia dúzia.

Ler Requerimento entregue; Ler Projecto de Resolução entregue