Trabalhadores do Hotel Tivoli com 90% de adesão à greve durante o fim de semana da Páscoa

grevetivoli.jpgLiberdade em Lisboa. Os trabalhadores reinvindicam aumentos salariais e combatem a precariedade no trabalho que é prática corrente nesta empresa. A administração tentou fazer entrar trabalhadores estranhos à empresa para substituir os grevistas o que contou com a resistência e vitória do determinado piquete de greve, não sem antes ter havido alguns confrontos fisicos prepertados pelos seguranças do hotel perante a pacividade da policia. A luta destes trabalhadores garante continuar se a administração da empresa não alterar de posição.