Mais e melhores transportes na cidade de Lisboa

 

Um percurso de transporte público entre o Bairro 2 de Maio na Ajuda e o Campo Grande no centro da cidade. A viagem demorou cerca de 1h20, usando a Carris e o Metro. São precisos mais e melhores transportes na cidade de Lisboa.

João Ferreira, candidato à Presidência da Câmara Municipal de Lisboa, faz percurso nos transportes da cidade constatando a urgência de mais e melhores transportes na cidade

cdu joaoferreira viagemtransportesJoão Ferreira, Candidato da CDU à Presidência da Câmara Municipal de Lisboa, realizou um percurso de transportes públicos entre o Bairro 2 de Maio na Ajuda e o centro da cidade, Campo Grande, que demorou cerca de 1h10, usando a Carris e o Metro, sendo este tempo demonstrativo da urgência de intervenção na melhoria dos transportes públicos nas zonas da cidade mais afastadas do centro.

Estação de Arroios encerra sem informação sobre adjudicação da obra

cdu logo851x315Encerrou hoje a estação do Metropolitano de Arroios, tendo sido informado pela empresa que tal se deve ao início das obras nesta estação. Os Vereadores do PCP na CML solicitaram, no passado dia 13 de Julho, à administração do Metropolitano de Lisboa informações sobre o lançamento e adjudicação da obra e prazo para a sua conclusão, não tendo recebido qualquer resposta.
Sendo importante a decisão de se realizarem as obras que nesta estação são necessárias há tantos anos, a qual resultou da luta e reivindicações dos utentes e trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, é, no entanto, inadmissível que se encerre a estação, sujeitando a população e trabalhadores a todos os prejuízos causados pelo encerramento, sem serem públicos todos os elementos em relação à adjudicação da obra, ao plano de obra e prazos previstos. As informações divulgadas pelo Metropolitano de Lisboa são claramente insuficientes, nomeadamente quando dizem que "preveem a abertura da nova estação para 2019". Quanto custa a obra da estação de Arroios? A quem foi adjudicada a obra? Qual o cronograma da obra? Sem estes elementos esclarecidos, este encerramento o que parece é ter sido feito à medida do calendário eleitoral e das necessidades propagandísticas. Para além disto, não faz sentido, com a estação de Arroios encerrada, que não circulem sempre – incluindo noites e fins-de-semana - comboios de 6 carruagens. E qual o motivo de se aumentar o espaçamento entre comboios?

Continuar...