Barata Moura - Homenagem a Vasco Gonçalves

A Intervenção de Barata Moura na iniciativa de homenagem a Vasco Gonçalves, no 1º Aniversário da sua morte, termina com estes parágrafos:

"Como ainda Vasco Gonçalves alerta: «Só a luta, sobre a base de problemas concretos, procurando mobilizar as consciências e os corações, estimular a disponibilidade para a acção ao longo da qual se promoverá a participação e a intervenção populares, em todos os domínios da vida da sociedade, conduzirá o homem a ser sujeito do seu próprio destino.»

Os Militares de Abril - que de aqui comovidamente saúdo - deram «o braço armado à Revolução», num momento histórico crucial que souberam supreender e forjar.

Saibamos nós dar as mãos, o saber, e a determinação prática para que do povo, e com o povo, se reacenda a chama de uma efectiva transformação social do nosso destino colectivo, à luz e à altura dos desígnios de uma humanidade emancipada e solidária.

Homenageando Vasco Gonçalves, lembramos, e agradecemos, na pessoa dele, a todos quantos - posição de destaque, ou anonimamente - combateram e combatem por esta boa causa de humanidade.

Homenageando Vasco Gonçalves, não estamos a saldar contas com o passado.

Homenageando Vasco Gonçalves, companheiro de uma mesma marcha que nos ultrapassa, estamos a fazer um balanço que nos remete e lança aos horizontes do por-vir.
"

Ler Intervenção completa em PDF