A Biblioteca Museu República e Resistência (BMRR) é uma das guardiãs da memória da República e da Resistência anti-fascista no Município de Lisboa.

 

BMRR

No momento em que se procuram trilhar caminhos e tomar decisões que prejudicam irremediavelmente este desígnio, ao pretender encerrá-la, os eleitos do PCP defendem que é necessário inverter esta decisão, preservando e valorizando a memória da República e da resistência anti-fascista na cidade de Lisboa, dando condições a quem trabalha e aos equipamentos municipais nesta área.

A intenção, por parte da CML, de “encerrar para

Continuar...

Aprovada proposta dos vereadores do PCP - Por uma habitação condigna para todos

 

IFRRUEm Lisboa o problema habitacional tem-se agravado. Nos últimos anos as políticas de impulso à reabilitação urbana não foram centradas na garantia do direito à habitação. As excepções dirigem a habitação disponível para preços proibitivos para a maioria da população e direccionados para o mercado internacional.

Por outro lado, constata-se a necessidade de acesso à habitação municipal, mas a oferta mantém-se insuficiente. Existem centenas de famílias em condições de acesso à candidatura,

Continuar...

Proposta da CML para o regulamento de alojamento local não assegura equilíbrios necessários para garantir o direito à habitação. Vereadores do PCP votam contra e propõem alternativa

 

AlfamaOs vereadores do PCP apresentaram um conjunto de alterações à proposta do Projecto de Regulamento Municipal do Alojamento Local, que foram reprovadas pelo PS, PSD e CDS, por considerarem que a proposta do PS, nos moldes em que foi apresentada, não salvaguarda os interesses da população no que respeita ao direito à habitação, nem as suas características e especificidades.

 

As alterações apresentadas pelos eleitos do PCP incidiam sobre a definição da zona turística

Continuar...

Foi aprovada a recomendação dos eleitos do PCP na AML defendendo o direito à habitação condigna para todos

 

habitação morariaSem ignorar as responsabilidades que neste domínio cabem ao Estado central – e cujo cumprimento cabal a CML deve continuadamente reivindicar - as políticas municipais de habitação podem e devem contribuir para criar condições de acesso à habitação que permitam fixar população residente, atrair alguns dos que nos últimos anos saíram de Lisboa por falta dessas condições, mas também dar resposta às necessidades das famílias de mais baixos rendimentos.

Continuar...