Trabalhadores da Carris em Plenário decidem: Contra o Roubo e em defesa das Empresas, avançar para a luta e para a greve!

mini-carris plenario 7novOs trabalhadores da Carris, com uma adesão à greve de 95%, e num plenário que reuniu largas centenas de trabalhadores, decidiram intensificar a luta contra os roubos no Orçamento de Estado e do DL 133/2013, e mandataram os sindicatos para concertarem diversas formas de luta, incluindo a greve. A Célula do PCP na Carris saúda a luta dos trabalhadores da Carris e as decisões tomadas pelo plenário, e apela à Assembleia da República para que rejeite a proposta de OE2014 e revogue o DL 133/13.

Importantes vitórias em Tribunal contra a Repressão na Carris

carrisvitOs trabalhadores da Carris obtiveram duas importantes vitórias em Tribunal, com as decisões que mandam reintegrar na Empresa o Passinhas Pólvora, despedido por não poder usar gravata (!), e o Jorge Gomes, despedido por recusar obedecer a ordem ilegítima e por ter o botão da camisa desapertado (!!). Em ambos os casos, tratava-se de processos destinados à repressão sindical e à intimidação dos trabalhadores da Carris. O grupo parlamentar do PCP, que sobre ambos os casos realizou diversas intervenções ao longo do processo, confrontou uma vez mais o Governo com as suas responsabilidades por esta situação.

Ler Requerimento em PDF

Mais três razões para aderir à Greve Geral na Carris!

carril2013junhoEstá em distribuição o Boletim do PCP na Carris. Nele soma-se três mais, a todas as tantas razões que os trabalhadores já tinham para fazer greve geral. Concretamente: o roubo em curso de parte do subsídio de desemprego (do mesmo que pela luta recuperámos!); o quebrar das promessas de no rectificativo corrigir o mesquinho roubo do direitoao transporte; e o facto de o Governo meter mil milhões para pagar o roubo das swaps!

Ler Boletim em PDF

Trabalhadores da Carris em ocupação simbólica do Santander dizem BASTA!

20130530carrisNo quadro das acções de luta deste dia 30 de Maio - 1º feriado roubado - uma delegação de trabalhadores da Carris promoveu a ocupação simbólica da sede do Santander em torno do lema «Swaps: Basta de Alimentar especuladores com o roubo dos nossos salários!», denunciando que tudo o que está a ser roubado aos utentes e aos trabalhadores é entregue de mão beijada aos especuladores e aos banqueiros em nogociatas que são autênticos desfalques.

Ler Carta Entregue à população

PCP edita Boletim na Carris denunciando consequências desastrosas da política de direita

carril13abrilA Célula do PCP na Carris editou hoje o seu Boletim de Abril onde, além de um forte apelo à participação nas Manifestações do 25 de Abril e do 1º de Maio, se apresentam os factos concretos das contas da Carris de 2012 que demonstram, sem margem para dúvidas, que a política que está a ser imposta é um desastre para a empresa, pois apesar dos crescentes roubos aos trabalhadores e aos utentes, o sangramento pela banca é tal que tudo destrói.

Ler Comunicado em PDF

Carris: Plenário reafirma «Parem de nos Roubar!»

mini-20130307 carrisIntegrado na Jornada de Luta dos Trabalhadores dos Transportes e Comunicações realizou-se hoje um plenário de trabalhadores da Carris convocado pelo STRUP/CGTP (na foto). Um plenário que permitiu a aprovação de uma resolução exigindo o fim dos roubos nos salários e nos direitos aos trabalhadores, e confrontou o Ministério da Economia com as suas próprias mentiras, pois nas entrevistas para a Comunicação Social diz que as ORT's não querem negociar, e na vida real recusa-se a receber essas organizações preferindo a imposição de sucessivos roubos e factos consumados.

Editado «O Carril», Boletim da Célula do PCP na Carris

carril2013jan

A Célula do PCP na Carris editou o seu Boletim de Janeiro de 2013. Nele, se denuncia a repressão na empresa, os salários principescos dos seus administradores e a político de roubo aos trabalhadores que o Governo continua a aprofundar. E onde se apela à organização e à luta dos trabalhadores.

Ler Boletim em PDF

Carris culmina longa perseguição com o despedimento de trabalhadora eleita na CT

A Administração da Carris procedeu ao despedimento ilegal da camarada Luísa Bota, há 30 anos sucessivamente eleita pelos trabalhadores da Carris para as suas Organizações Representativas. Com este acto, tentam culminar um longo processo de perseguição à camarada, onde se destaca o facto de durante mais de 6 anos a Empresa ter atribuído à Luísa uma secretário e uma cadeira mas nenhuma função. O PCP já interveio na Assembleia da República exigindo a anulação deste processo e a imediata integração da Luísa.

Ler Requerimento em PDF

Uma grande greve na Carris, que nem com a repressão conseguiram romper!

mini-piquete carris_pontinhaA extraordinária adesão dos trabalhadores da Carris à greve geral, superior a 80%, obrigou a administração a recorrer à polícia para forçar a violação da lei e das próprias decisões dos tribunais arbitrais. Foi uma actuação desesperada de um governo e uma administração que forçaram a polícia a impôr pela força a saída de autocarros conduzidos por trabalhadores ameaçados de despedimento e como se fossem dos serviços mínimos mas contrariando as próprias decisões dos tribunais. Como já vem sendo costume, foram os piquetes de greve quem defendeu a lei perante uma polícia «com ordens para cumprir!». 

Contra os roubo no salário e o ataque à Carris, construir uma grande greve geral

mini-carrilnov12A Célula do PCP na Carris está a distribuir aos trabalhadores o seu comunicado de Boletim, onde se alerta para os 7 roubos directos nos salários dos trabalhadores da Carris contidos na proposta de OE2013, e onde se desmascara o conteúdo de classe das opções do Governo, incapaz já de disfarçar que o que saqueia aos trabalhadores se destina a garantir o pagamento aos banqueiros e demais capitalistas.

Ler Boletim em PDF