Trabalhadores da CarrisTur marcham contra a exploração e o roubo

MarchaCarrisTurJulho2016Os trabalhadores da CarrisTur realizaram no dia 22/7 uma Marcha (foto) entre o Largo do Rato e a Residência oficial do 1º Ministro. Uma iniciativa inserida na luta que travam contra a redução do salário que lhes é imposta desde Fevereiro (de 630 para 560 Euros) imposto pelo Governo do PS. O deputado do PCP deslocou-se ao final da acção, onde expressou a activa solidariedade do PCP, já materializada num conjunto de iniciativas na Assembleia da República desde Março.

Ler Requerimento em PDF

CarrisTur: Face à continuação do roubo, a luta continua!

carristur20160706Os trabalhadores da CarrisTur realizaram hoje um plenário de trabalhadores (na foto) onde decidiram a marcação de uma nova jornada de luta, para o dia 22 de Julho. Para esse dia os trabalhadores decidiram realizar uma greve de 24 horas e uma manifestação entre o Largo do Rato e a residência oficial do 1º Ministro. Os trabalhadores lutam contra o roubo de 70 euros no seu ordenado e pela aplicação da contratação colectiva. O PCP já colocou ao governo esta questão, solidarizando-se com a luta dos trabalhadores. (Revisitar Requerimento colocado pelo PCP em Março)

PCP solidário na Greve na CarrisBus contra os baixos salários e em defesa da contratação colectiva

20160627 101659 resizedO deputado do PCP, Bruno Dias, esteve hoje com os trabalhadores da CarrisBus em greve, em Cabo Ruivo. O PCP expressou a sua activa solidariedade com as justas reivindicações, nomeadamente: com a exigência de ser assinado um contrato colectivo, que acabe com o trabalho mal pago e sem quaisquer progressões; com a reivindicação de o subsídio de almoço ser pago a todos por igual e com o valor em uso na empresa antes da entrada em vigor do Decreto-Lei 133/13; de estes trabalhadores usufruirem do direito ao transporte tal como os restantes trabalhadores da Carris. A greve registou uma adesão superior a 90% em quase todas as oficinas, e prossegue até se<xta-feira.

Grande adesão à Greve da CarrisTUR contra o roubo de salários!

20160325 carristurwebOs trabalhadores da CarrisTur estão a realizar hoje uma grande jornada de luta, com uma greve que contou com a adesão esmagadora dos trabalhadores, que ainda realizaram um plenário e marcha com partida da Praça da Figueira (foto). O trabalhadores lutam contra a redução dos seus salários, e pela aplicação da contratação colectiva. A administração está a agir na mais pura ilegalidade, contando com a cumplicidade do governo, quer na recusa da aplicação da contratação colectiva quer hoje violando a lei da greve e substituindo os trabalhadores em greve no aeroporto por trabalhadores da Carris. O PCP já exigiu ao governo que cumpra e faça cumprir a lei, e apela à continuação da justa luta dos trabalhadores da CarrisTur.

PCP interpela governo sobre ilegalidades na CarrisTur

carristurgreveActivamente solidário com a luta dos trabalhadores da CarrisTur, o PCP interpelou hoje o Governo sobre o comportamento da Administração da Carris, que primeiro cometeu a ilegalidade de roubar o salário dos trabalhadores da Carristur e agora se prepara para cometer novas ilegalidades violando o direito destes trabalhadores à greve. O PCP saúda a justa luta dos trabalhadores da CarrisTur, que hoje distribuiram um comunicado em 4 linguas explicando as razões da sua justa luta e apela ao Governo para impor à Administração da Carris o respeito pela contratação colectiva na empresa.

Ler Requerimento em PDF

PCP activamente solidário com a justa luta dos trabalhadores da CarrisTur

carristurA Empresa pública CarrisTUR reduziu em Fevereiro os salários dos seus trabalhadores, depois de em Janeiro ter pago os salários de acordo com o novo CCTV de que é subscritora. Considerou a empresa (pública!) que não podia cumprir a lei e pagar os 630 Euros de salário que estão na tabela do novo CCTV. Um escândalo, que já levou os trabalhadores a marcar três dias de greve, luta com a qual o PCP se solidariza e que já motivou o requerimento ao Governo que se anexa:

Ler Requerimento ao Governo em PDF

Na CarrisTur a luta pelo caderno reivindicativo continua!

mini-IMG 0675Realizou-se este fim de semana (31/10 e 1/11) uma greve de 48 horas na CarrisTur, empresa do grupo Carris. Os trabalhadores lutam por um caderno reivindicativo centrado na necessidade de melhorias salariais e nas condições de trabalho. No plenário realizado (foto) decidiu-se da continuação da luta. O PCP saúda a coragem e determinação destes trabalhadores, e exige da Administração da Carris uma resposta imediata e urgente às justas reuvindicações apresentadas.

Greve por salários e direitos com 70% de adesão na Carristur

20150912plenariocarristurRealizou-se este sábado uma greve dos trabalhadores da CarrisTur, a empresa da Carris que faz o serviço de turismo em Lisboa, que lutam contra a exploração de que são vítimas, pela melhoria dos seus salários, pela negociação de um Acordo de Empresa e pela melhoria das suas condições de vida e trabalho. No plenário realizado (foto) esteve presente Arménio Carlos, Secretário-Geral da CGTP-IN. A célula do PCP na Carris expressou a sua activa solidariedade com a justa luta dos trabalhadores da CarrisTur.

CDU apela ao voto dos trabalhadores da Carris

carris cdu2015setA CDU está a distribuir aos trabalhadores da Carris, da CarrisBus e da CarrisTur o seu Manifesto de Apelo ao voto na CDU, documento onde se detalham os compromissos da CDU para com os trabalhadores e reformados da Carris, além de se dar conta dos apoiantes da CDU na empresa.

Ler Comunicado em PDF

Carris: PCP presta contas da actividade desenvolvida na Assembleia da República

pcontasbase carrisA Célula do PCP na Carris está a distribuir aos trabalhadores o Presta-Contas da actividade dos deputados comunistas em defesa dos trabalhadores e reformados da Carris, da Carrisbus e da Carristur. Um documento onde se recorda a brutal ofensiva contra os salários e pensões e contra as próprias empresas, e se recorda quem conduziu essa ofensiva (PS, PSD e CDS) e quem sempre lhe resistiu: o PCP.

Ler Presta-Contas em PDF