PCP visita Bombeiros do Colombo e contacta trabalhadores

 carnide visita bombeiroscolomboO vereador João Ferreira acompanhado da deputada municipal Ana Páscoa, do presidente da Junta de Freguesia de Carnide, Fábio Sousa, e membros da Célula do PCP no município de Lisboa visitaram, na manhã do dia 2 de Março o Quartel de Bombeiros do Colombo.

Como é do conhecimento público, este quartel está implantado no terreno vendido recentemente pela CML ao grupo Espírito Santo Saúde e no qual, para além das instalações de suporte ao socorro, funciona a SALOC (sala de operações conjunta) e ainda o Museu do RSB, entretanto já encerrado ao público.

João Ferreira e restantes camaradas ouviram os trabalhadores e as suas preocupações quanto ao seu futuro assim como dos serviços, pois é ainda desconhecida a nova localização de todas as valências ali existentes. Se por um lado se ouvem rumores que a SALOC será deslocalizada para Monsanto, por outro nada se sabe em relação ao Museu que é detentor um acervo de interesse e valor incalculáveis para a cidade e o país, e que poderá ficar tempos indefinidos armazenado sem condições de preservação, ficando também o público privado da sua fruição.

Já em relação ao socorro, uma das possibilidades, aponta para o antigo quartel do RSB, sito na Estrada de Benfica o qual foi abandonado pelo Regimento há cerca de dez anos por não ter as melhores condições. Tivemos também oportunidade de visitar estas instalações, aqui também acompanhados por João Carlos Pereira, eleito da CDU na Assembleia de Freguesia de Benfica. Neste antigo quartel, de onde terão de ser despejados os Serviços Sociais do RSB que ali funcionam, observou-se a degradação e inadequação das instalações ao serviço de socorro a começar na sua própria localização visto esta situar-se numa via de tráfego intenso o que aumenta significativamente o tempo de resposta na primeira intervenção. É também de referir que a Alta de Lisboa ficará com tempo de resposta ao socorro mais elevado.

Destas visitas podemos confirmar a má opção do PS/António Costa da venda do terreno Quartel do Colombo para facilitação da obtenção de lucro a privados, e que o voto contra do PCP foi mais que justo. João Ferreira, no final destes contactos, assumiu o compromisso dos eleitos da CDU, tanto na Câmara como na Assembleia Municipal, em continuar a acompanhar a situação e denunciar todos os constrangimentos para o socorro nesta zona da cidade que advirão desta venda, bem como exigir condições de trabalho dignas para os trabalhadores do município.