PCP faz pergunta urgente ao Governo sobre supressões e sobrelotação de comboios na Linha de Sintra

comboios cp

O PCP teve conhecimento de várias situações de comboios lotados, supressões de comboios e redução de oferta na Linha de Sintra, inclusivamente à hora de ponta, como tem vindo a ser denunciado pela Comissão de Utentes da Linha de Sintra.
A supressão de comboios à hora de ponta é inaceitável, levando a situações de sobrelotação que põem em causa a saúde das pessoas que se deslocam de comboio na Linha de Sintra. Neste sentido o PCP questionou o Governo sobre os motivos para a supressão de 65 comboios diários na Linha de Sintra, uma linha ferroviária que serve centenas de milhar de pessoas?
Por que razão não existe informação disponível das alterações à circulação nas estações e nos comboios?


Por que razão não existe informação disponível acerca das normas de higiene a cumprir, nas estações e nos comboios?
Por que razão é que a CP não implementou já a abertura das cancelas das estações, como já acontece noutros transportes públicos, como no Metropolitano de Lisboa?
Que garantias pode o Governo dar à população de que os problemas de sobrelotação, supressões de comboios, falta de informação e abertura de cancelas, são resolvidos imediatamente, a fim de mitigar os riscos associados à infecção epidemiológica por COVID-19?

Ver pergunta em PDF