REPOSIÇÃO DOS 3 DIAS DE FÉRIAS AOS TRABALHADORES DA CÂMARA MUNICIPAL E SMAS

Na última reunião de Câmara, o vereador da CDU Pedro Ventura apresentou uma moção para a Câmara Municipal de Sintra assinar um ACEP que consagrasse a reposição dos 3 dias de férias roubados pelo anterior governo do PSD/CDS, entre outras matérias.

Este novo tipo de ACEP já foi assinado em várias autarquias da CDU, sendo que os trabalhadores da CM de Loures, do Sobral de Monte Agraço, entre outras, já podem usufruir dessa reposição de dias de férias.

 

Em Sintra, esta proposta foi REJEITADA pelo PS e pelo PSD.

 

Como argumento, dizem que é demasiado próximo das Eleições Autárquicas.

Não aceitamos limitações à autonomia da contratação colectiva e da livre negociação impostos por calendários eleitoralistas.

Estranhamos que não tenham utilizado esse mesmo argumento quando se comprometem em gastar 30 milhões de Euros numa competência (hospital) que não é da Câmara Municipal antes das eleições.  

 

A Luta Continua!

smas1907

Candidatos da CDU aprofundam conhecimento sobre questões relacionadas com os trabalhadores e as empresas de Sintra

Pedro Ventura, candidato da CDU à Presidência da Câmara Municipal de Sintra e actual Vereador, estiveram no passado dia 10 de Maio na Delegação de Sintra da União dos Sindicatos de Lisboa. Em reunião com dirigentes sindicais do SINTAB (Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Industrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal), do SITE (Sindicato das Industrias Transformadoras, Energia e Actividades do Ambiente), do SIESI (Sindicato das Industrias Eléctricas do Sul e Ilhas) e do STFP (Sindicato dos Trabalhadores em Funções públicas e Sociais), foram abordadas questões relacionadas com os trabalhadores e as empresas de Sintra, específicas de cada sector profissional, de forma a um melhor conhecimento da situação actual.

8 de Março em Sintra: em contacto com as mulheres trabalhadoras

secundariastamariaO dia 8 de Março - Dia Internacional da Mulher foi assinalado pelo PCP em Sintra com contactos com as trabalhadoras das empresas do concelho. Durante a manhã e tarde deste dia as trabalhadoras das empresas Hikma, Sofarimex, Tabaqueira, Essilor, Mondelez, Alva, Adreta, Arneg, da Câmara Municipal de Sintra e dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, e das escolas Padre Alberto Neto, Leal da Camara, Visconde Juromenha e Santa Maria receberam dos militantes do PCP um documento sobre esta data e um cravo vermelho para assinalar a necessidade da continuação da sua luta pela igualdade na lei e na vida.

CDU afirma alternativa em Sintra no contacto com trabalhadores

Rita Rato, candidata da CDU pelo círculo eleitoral de Lisboa e Pedro Ventura, vereador da CDU na Câmara Municipal de Sintra e candidato à Assembleia da República, estiveram na manhã do passado dia 30 em Sintra, numa acção de contactos com os trabalhadores do município. Esta iniciativa teve como principal objectivo, a auscultação dos trabalhadores e a prestação de contas do trabalho efectuado pelos comunistas na Assembleia da República.

 

Sintra: Travar a privatização da Água

A CDU - Concelho de Sintra em comunicado distribuído à população reitera que a "água é um bem público e o acesso à água tem que ser garantido como um direito humano". Este princípio é incompatível com a "possibilidade da água ser um negócio só de alguns" e alerta para as consequência da privatização deste sector: menos controlo democrático sobre as políticas futuras; mais discriminação no acesso a este bem essencial; prejuízos públicos para lucros privados; água privada – água mais cara.

 

Ler documento em PDF



Linha de Sintra: Público é de todos, privado é só de alguns

A privatização da Linha de Sintra, que afectará directamente 210.000 utentes é um negócio que tem sido anunciado desde os anos 90 por alguns presidentes do Conselho de Administração da CP, a luta dos utentes e dos trabalhadores do sector tem impedido essa machadada no nosso direito à mobilidade. A fusão da REFER com as Estradas de Portugal estabelece a “reestruturação da empresa” e a contínua saída de trabalhadores procurando destruir toda a capacidade pública, agravando a dependência do Estado face aos grandes grupos económicos. Ler Documento em PDF

Presidente da Câmara de Sintra, Governo e UGT impõem adaptabilidade e banco de horas!

20140225 semana luta aceep vfxO Governo PSD/CDS-PP, após ter imposto o horário de trabalho de 40 horas semanais para a função pública, impôs, ao arrepio da autonomia do Poder Local, esse mesmo horário às autarquias. Face ao protesto generalizado de trabalhadores e autarcas, o Tribunal Constitucional emitiu um Acórdão considerando que o horário das 40 horas semanais era aceite apenas como o limite máximo ao horário de trabalho, dando assim razão às autarquias que pretendem manter as 35 horas. Neste sentido, foram assinados mais de seiscentos ACEEP entre autarquias e o STAL.

 

CDU-Concelho de Sintra promoveu Encontro Público sobre “A Água é Pública. É de todos.”

A CDU - Concelho de Sintra realizou, no passado dia 10 de Abril, no Auditório dos SMAS de Sintra, o Encontro “A Água é Pública. É de todos.” A CDU Sintra entendeu promover este Encontro tendo como objectivos principais: Defender o papel determinante da Autonomia do Poder Local na Gestão Pública da Água ao serviço das populações e do País, apontando alternativas à chamada “Reestruturação do Sector das Águas” e medidas afins, apresentadas muito recentemente; Promover o esclarecimento das populações e de entidades sobre as consequências dessa “Reestruturação”, bem como de alternativas que respeitem a Autonomia do Poder Local, as quais estão sujeitas ao controlo e ao julgamento democrático dessas populações.

 

CDU em Sintra promove debate público para analisar a actual situação na prestação de cuidados de saúde aos habitantes do concelho

Decorreu em Massamá, no passado dia 7 de Abril, dia mundial da saúde, um encontro/debate, promovido pela CDU, com o lema  “A Realidade da Saúde em Sintra”, para análise da actual situação na prestação de cuidados de saúde aos habitantes do Concelho. Este encontro, inserido na iniciativa de recolha de assinaturas que a CDU está a levar a cabo até ao final de Abril, contou com a participação do vereador da CDU na CMS, Pedro Ventura, com o deputado do PCP na assembleia da república, Bruno Dias e com o enfermeiro Pedro Frias, dirigente do sindicato dos enfermeiros Portugueses.

Em defesa do Serviço Nacional de Saúde e pela construção de um Hospital Público em Sintra

Depois de várias acções junto dos centros de saúde do concelho de Sintra, ao longo do mês de Janeiro,  as Comissões de Utentes da Saúde dos Concelhos de Sintra e Amadora e a Plataforma de Lisboa em defesa do Serviço Nacional de Saúde, realizaram ao início da tarde de dia 29 de Janeiro (5ª feira) uma Vigília/Protesto junto ao Hospital Amadora-Sintra. Nesta acção, mais de duas centenas de pessoas concentrara-se junto do Hospital, participando num protesto em defesa do Serviço Nacional de Saúde e exigindo a construção de um Hospital Público em Sintra.