PCP Vialonga realiza iniciativa sobre Imigração

A Comissão de Freguesia do PCP de Vialonga, onde existe uma grande comunidade imigrante, nomeadamente Cabo Verdiana e Guiniense realizou no dia 26/11/06, no Centro Comunitário de Vialonga, uma iniciativa sobre a imigração.

O Anfiteatro do Centro Comunitário esteve lotado. Como convidados estiveram os nossos camaradas António Filipe e Manuel Correia, na qualidade de Presidente da Federação das Organizações Cabo Verdianas em Portugal.

Contámos com o apoio da Associação dos Africanos do Concelho de Vila Franca de Xira que levaram o seu grupo de batuques e grupos de dançarinas; e ainda tivemos a actuação do grupo de dançarinas da Quinta do Mocho.

 

 

 

25 Novembro - Milhares em Lisboa Protestam contra Política do Governo

  

Em Lisboa, tal como por todo o país, realizou-se este Sábado uma Acção de luta integrada na Manifestação  Nacional e Geral convocada pela CGTP.

Foram muitos milhares de trabalhadores concentrados no Cais de Sodré, e que desfilaram até ao Rossio. No Porto e nas restantes capitais de distrito outros muitos milhares se manifestavam.

A uma só voz exigiram o fim das políticas de direita que os sucessivos Governos tem vindo a impôr, cujos únicos beneficiários são os grandes capitalistas e seus "boys".

(No Arquivo Fotográfico pode encontrar dezenas de fotos da Manifestação) 

Reedição em pdf de texto de Alvaro Cunhal


Já disponível em PDF, encontra-se a intervenção de Álvaro Cunhal, «As seis características fundamentais de um partido comunista», apresentada no Encontro Internacional do 10º aniversário da Fundación Rodney Arismendi, realizado de 13 a 15 de Setembro de 2001, em Montevideu, e subordinado ao tema «Vigencia e actualización del marxismo».

O texto de Álvaro Cunhal, debruçando-se sobre a identidade dos partidos comunistas, não o faz como ponto de partida anterior ou exterior à análise histórica, mas antes como resultado, como produto dessa análise da realidade objectiva em movimento. Assim, o cerne da intervenção de Álvaro Cunhal é a exposição do curso histórico do século XX (com as suas contradições específicas, com as vitórias e as derrotas do socialismo, com os recuos e as reconquistas do capitalismo), que teve como resolução dialéctica, neste início do século XXI, a fase globalizada do imperialismo. É pois neste contexto concreto, em transformação e a transformar, sublinha Álvaro Cunhal, que intervêm os comunistas e que aí definem necessariamente as suas políticas, os seus objectivos, a sua ideologia, enfim, a sua identidade.

Nos quatro pontos por que é constituído o texto de Álvaro Cunhal, o primeiro faz uma síntese da experiência soviética; o segundo, apresenta uma caracterização da actual «ofensiva “global” do imperialismo»; o terceiro, aborda a questão da política de alianças no quadro dessa «ofensiva»; e o quarto salienta, como consequência dos anteriores, a nova configuração do movimento comunista internacional e simultaneamente, sem «um “modelo” de partido comunista», «com diferenciadas respostas concretas a situações concretas», as seis características fundamentais de um partido comunista, a saber: independência de classe, natureza de classe, democracia interna e direcção única e central, patriotismo e internacionalismo, objectivo socialista e teoria revolucionária, ou seja, marxismo-leninismo. 

Trabalhadores em luta defendem CTT


NOS CTT, O NEO-LIBERALISMO AO PIOR NÍVEL

Perante a ofensiva neo-liberal do Governo, os trabalhadores dos CTT estão em luta em defesa da sua Empresa e dos utentes do serviço que prestam.

Esta semana, entre outras vitórias, conseguiram obrigar a Administração a reintegrar dois trabalhadores precários que, mostrando a verdadeira face deste Governo, havia despedido por participarem num plenário de trabalhadores.

(Comunicado da Célula do PCP) 

(Comunicado Solidariedade DORL/PCP) 

Visita de Jerónimo Sousa à Pereira da Costa

 

Jerónimo de Sousa visitou a Empresa, a 21 Novembro, para reafirmar a solidariedade do PCP com a luta dos trabalhadores, todos os dias bem patente no apoio activo da Concelhia da Amadora.

Aproveitou para exigir do Governo uma rápida intervenção na resolução deste problema.

Publicamos também uma conversa com três trabalhadores despedidos da Pereira da Costa.