PCP leva à AM Sintra reivindicações populares sobre a Linha de Muito Alta Tensão


No dia 23 de Março, o PCP vai levantar na Assembleia Municipal de Sintra um conjunto de questões relativas à construção da Linha de Muito Alta Tensão entre Famões e Trajouce, na sequência do contacto directo com as populações mais afectadas, e da luta que estes vêm desenvolvendo. O PCP apela à intensificação da luta pelas populações, até que estas vejam atendidas as suas reivindicações por parte do Governo.

Ver comunicado da CDU Sintra

17 Março - Encontro Concelhio da CDU de Vila Franca de Xira

 O encontro concelhio da CDU em Vila Franca de Xira, que se realizou no passado sábado, dia 17 de Março, em Vialonga, escalpelizou a gestão PS na Câmara Municipal e nas diversas Juntas de Freguesia, analisou a situação sociolaboral no concelho e definiu um conjunto de lutas e iniciativas políticas a desenvolver ou a continuar com os trabalhadores e com as populações.

Ler a Resolução aprovada no Encontro

21 Março - Dia Mundial da Poesia

 O Organismo da Cultura Literária do Sector Intelectual da ORL do PCP propõe-nos, como forma de assinalar o Dia Mundial da Poesia, um seu trabalho, e um poema de Armindo Ridrigues, que pode consultar aqui.

23 Março - Canções pelo Iraque

 

Com a participação de Camané, Fausto, Jorge Palma, José Mario Branco, Luis Represas, PacMan (Da Weasel), Paulo de Carvalho, Pedro Abrunhosa e Rui Veloso, e organizado pelo Tribunal pelo Iraque.

23 de Março, sexta-feira, às 21.30 no Cinema São Jorge em Lisboa. O bilhete custa 10€.

A DORL do PCP apela a todos à participação em mais esta acção de solidariedade com a luta do povo iraquiano.

20 Março - Concentração no Rossio contra a guerra imperialista

  Quatro anos depois do ínicio da guerra no Iraque,centenas de pessoas mostraram o seu repúdio na Praça do Rossio. A percussão dos Toca a Rufar deu o mote aos protestos contra a agressão ao povo iraquiano. A acção convocada pelo Conselho Português para a Paz e Cooperação e por dezenas de organizações, entre as quais o Partido Comunista Português, denunciou as graves consequências da ocupação e mostrou o seu apoio à resistência do povo iraquiano.