Bandeiras do PCP pintam de vermelho a Baixa de Lisboa

mini-20130606 desfile pcp lisboaO desfile assinalou o fim da Campanha Nacional “Por uma política alternativa, patriótica e de esquerda” que o PCP lançou e que decorreu durante todo o primeiro semestre do ano. Trata-se de uma campanha que desenvolveu um conjunto de diversificadas iniciativas políticas e demonstrou que a política patriótica e de esquerda não só é necessária, como é possível.
Jerónimo de Sousa afirmou que os trabalhadores portugueses e a sua Central Sindical – a CGTP-IN – têm razão quando decidiram uma Greve Geral a realizar no próximo dia 27 de Junho. Uma decisão que os comunistas saúdam porque é uma resposta necessária para pôr fim à política de desastre nacional. "Esta é hora de dar mais força à luta pela rejeição do Pacto de Agressão, pela demissão do governo do PSD/CDS e pela exigência de convocação de eleições legislativas antecipadas!" - disse o Secretário-Geral do PCP no comício de encerramento.

Grande jornada de luta contra o trabalho gratuito!

mini-30maio-pag1Contra o roubo dos feriados e o trabalho gratuito, os trabalhadores de Norte a Sul vão realizar durante o dia de hoje greves, paralisações, plenários e concentrações, numa jornada de luta convocada pela CGTP-IN.
Os trabalhadores dos sectores privado e público não desistem da luta contra o roubo dos feriados e do combate ao trabalho gratuito. Reivindicam também o aumento dos salários, a criação de emprego e a defesa dos seus direitos.
O PCP está activamente solidário com os trabalhadores, em mais uma grande jornada de luta, e defende que só uma política inspirada nos valores de Abril, em conformidade com a Constituição da República e os seus princípios fundamentais, serve os interesses do povo e do país.

Amanhã: todos a Belém!

   

 

O Governo PSD/CDS já demonstrou que não serve os interesses dos trabalhadores, do povo e do país. É preciso demitir este Governo, cada vez mais isolado e em confronto com a Constituição, e convocar eleições antecipadas. O PCP apela à participação de todos na concentração marcada pela CGTP para amanhã, 25 de Maio, às 15h30, em Belém.

Milhares em Belém pela demissão do Governo

mini-manifMilhares de trabalhadores responderam ao apelo da CGTP e concentraram-se em Belém exigindo do Presidente da República a demissão do Governo e a convocação de eleições antecipadas. "A luta dos trabalhadores e do povo é o elemento crucial da fraqueza do Governo" e "fará que mais cedo que tarde este Governo será demitido ou se demitirá" afirmou Jerónimo de Sousa.

Primeira Assembleia de Organização da Célula de Reformados de Sacavém

mini-AO Reformados Sacavém 09 05 2013Realizou-se no passado dia 9 de Maio, a primeira Assembleia de Organização da Célula de Reformados de Sacavém da Organização Concelhia de Loures, que contou com a participação da camarada Ana Lourido, do Comité Central.

Continuar...