4 Julho - 62 anos sobre o assassinato de Alfredo Dinis

 

Foi há 62 anos, que numa estrada de Bucelas, a PIDE assassinava Alfredo Dinis, militante e dirigente do Partido Comunista Português, heróico dirigente do proletariado e da resistência anti-fascista.

A data foi hoje evocada numa iniciativa da Concelhia de Loures. Num momento histórico em que se torna mais dura a luta pela liberdade, pela democracia e pela justiça social, os revolucionários de hoje não esquecem - e honram - os que à luta fizeram o supremo sacrifício: o da vida.

O assassinato de Alfredo Dinis foi um crime do fascismo, mas  o PCP sublinha que o crime maior foi o próprio fascismo, 48 criminosos anos, em que banqueiros e latifundiários empurraram o povo português para a miséria e para a guerra, enquanto as classes dominantes viviam no luxo e na opulência.

Podes  Ler Mais Sobre Alfredo Dinis Aqui.