MAIS DE UM MILHÃO E 400 MIL NA GREVE GERAL!!!

 

A CGTP-IN reuniu ontem o seu Conselho Geral e promoveu a divulgação dos números reais da Greve. Mais de um milhão e quatrocentos mil trabalhadores em greve. Uma grande Greve Geral. Continuando a campanha de silenciamento e deturpação da luta dos trabalhadores, a listagem dos níveis de adesão só poderão ser encontrados na imprensa operária. Aqui, em "Ler Mais" encontrarão a última listagem das adesões no Distrito de Lisboa, e no Avante, a listagem nacional .

Como afirmou o Secretário-Geral do Partido, " Queremos saudar a CGTP-IN e os trabalhadores que convocaram e participaram na Greve Geral. Saudar a decisão corajosa da CGTP-IN, porque  quando a convocou tinha a consciência das dificuldades e condicionamentos que resultam de uma relação de forças desfavorável aos trabalhadores, do poder da classe dominante que conta com um Governo que se assume como seu instrumento político, que conta poderosos meios de comunicação social, com um exército de seguidores e figurantes, sempre à mão nestas alturas para dividir. Sabia a CGTP dos efeitos das precariedades, das pressões da repressão sobre os salários, os prémios, as carreiras, sobre o próprio exercício livre do direito à greve no sector dos transportes e na Administração Pública e em muitas empresas do sector privado. Tratava-se de travar uma luta lá onde ela é mais difícil e exigente: na empresa e no local de trabalho."

"Esta Greve Geral comprova que uma luta nunca é ponto de chegada. É uma ponte de passagem para outras lutas que não tardarão. Lutas que haverão de contar com muitos trabalhadores que participaram na greve geral e com muitos que estiveram com ela e não a puderam fazer."

Distrito de Lisboa

Abrigada, Alenquer, turno manhã, 99%, produção parada
Brisa, Carregado, 90%
Escola Básica 1,2,3 Carregado, 100%
Impormol, Alenquer, 1.º turno, 100%, empresa parada
Câmara Municipal da Amadora, 1.º turno, recolha lixo, 94%
Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos, recolha de lixo e oficinas, 100%
Câmara Municipal da Azambuja, 60% (oficinas, só o piquete a trabalhar; motoristas e cantoneiros, 60%)
Escola C+S da Azambuja, refeitório, 100%
Câmara Municipal do Bombarral, obras, 94%
Brisa, Carcavelos, 2.º turno, 67%
Hospital Cascais, 1.º turno, 75%
Aeroporto de Lisboa: 60% do total de trabalhadores, 90% dos associados do Sitava/CGTP-IN; bombeiros 100% (só serviços mínimos). Canceladas 34 chegadas e 24 partidas; voos realizados sem condições de segurança
Autosil, Lisboa, 1.º turno, 100%
Azul Batisttini, Lisboa, 100%
Câmara Municipal de Lisboa, recolha de lixo, Olivais, recolha lixo, 1.º turno, ficaram paradas 121 das 135 viaturas; Dep. Higiene Urbana Resíduos Sólidos/DLU, 72%
Centro de Saúde de Marvila, turno da noite: auxiliares, 90%; enfermeiros, 100%
Centro de Saúde dos Olivais, turno da noite: auxiliares, 90%; enfermeiros, 88%
CTT, Cabo Ruivo: turno das 00.30h, 85%; 1.º turno, 70%
DIA Minipreço, lojas em Lisboa: Rua Saraiva de Carvalho, 100%; Calvário, 100%; Anjos, 100%; Lapa, 100%
Direcção dos Serviços de Identificação Civil, Lisboa, turno da noite, 90% (Arquivo Identificação só entregou BI)
EB23 João de Deus, Lisboa, 80% (professores)
EDP produção, Lisboa, 1.º turno, 75%
EPAL, Olivais, 1.º turno, 100%
Escola Secundária Aquilino Ribeiro, fechada
Escola Secundária Gil Vicente, fechada
Escola Secundária Padre António Vieira, fechada
Escola Secundária Passos Manuel, fechada
Escola Secundária Pedro Nunes, fechada
Hospital dos Capuchos: enfermeiros, 100% (23h) e 91% (1.º turno, 3.15h)
Hospital Curry Cabral: enfermeiros, 1.º turno, 90%; pessoal admin. e auxiliar, turno da noite, 75%
Hospital D. Estefânia: enfermeiros, 1.º turno, 89%; pessoal admin. e auxiliar, turno da manhã, 80%
Hospital de S. José: enfermeiros, 1.º turno, 90%; pessoal admin. e auxiliar, turno da noite, só serviços mínimos; consultas externas fechadas
Hospital de Santa Marta, enfermeiros, 1.º turno, 49%
IPO, enfermeiros, 50%
Hospital Júlio de Matos, enfermeiros, 1.º turno, 85%
Hospital Miguel Bombarda; enfermeiros, 1.º turno, 93%; pessoal admin. e auxiliar, turno da noite, 80%
Hospital Ortopédico José Almeida, enfermeiros, 100%
Hospital Pulido Valente, enfermeiros, 1.º turno, 49%
Hospital S. Francisco Xavier: Urgência, 1.º turno, auxiliares de saúde, 75%; enfermeiros, 1.º turno, 82%; auxiliares, turno da noite, 75%
Hospital S. José: auxiliares, turno da noite, 100%; médicos, 1.º turno, Cirurgia, 100%, Neurologia, 100% , Medicina, 90%; auxiliares, 1.º turno, Medicina Cirúrgica, 100%; pessoal admin. e auxiliar, turno da manhã, 90%
Hospital Santa Maria: enfermeiros, 1.º turno, 44%; auxiliares, turno da noite, 88%
INEM, Lisboa, turno da noite, 100%
Instituto Superior de Economia e Gestão (AE), Lisboa, 40%
Maternidade Alfredo da Costa, enfermeiros, 1.º turno, 84%
Metro, Lisboa, 100%
Optimus/Novis, call-center Q.ta Lambert, 1.º turno, 99%
TMN, call-center Entrecampos, 1.º turno, 100%
Tudor, Lisboa, 3.º turno, 90%
Cavan, Loures, turno da manhã, 85% (produção parada)
EDP, Loures piquete, 1.º turno, 50%
Escola Básica 1,2 Unhos, encerrada
EB Soeiro Pereira Gomes, Loures, 90%
Escola Secundária Gago Coutinho, Loures, 100%
Pluricoop, lojas de Santa Iria da Azóia e Zambujal, 100%
SMAS Loures, 1.º turno, recolha do lixo, 67%, paragem total
Valorsul, Aterro de S. João da Talha, 1.º turno, 100%
EB1 Maria Lamas, Odivelas, fechada
Escola de Paiã, Odivelas, 23% (só costumavam fazer greve dois trabalhadores)
Juntas de Freguesia de Odivelas: Pontinha, 93%, encerrada; Póvoa de Santo Adrião, 89%, encerrada; Caneças, 100%, encerrada; Odivelas, 88%; Olival Basto, 78%, encerrada; Ramada, 75%, encerrada
Odivelgest, piscinas de Odivelas, 78%, encerrada
AA Silva, Oeiras, turno da manhã, 20%
EB1 Frei Luís de Sousa, Oeiras, fechada
EDP, Figueirinha, Oeiras, 1.º turno, 100%
Novembal, Oeiras, turno da manhã, 40%
Unibetão, central de Caxias, 100%
Cel-Calt, Sintra, turno da manhã, 50%
EDP, Sintra piquete, 1.º turno, 100%
HPEM, Sintra, recolha lixo: 1.º turno, 80%; turno da manhã, 97% (só saiu um carro de lixo e um de recolha selectiva)
Kraft Foods, Sintra, turno da meia-noite, 80%
Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço, oficinas, 100%
Centro Hospitalar de Torres Vedras, enfermeiros, 1.º turno, 37%
Inspecção Geral do Trabalho, Torres Vedras, 100%
Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, recolha lixo, 1.º turno, 50%
Centralcer, Vila F.Xira, 1.º turno, produção e enchimento parados
Cimianto, Vila F.Xira, turno da manhã, 80% (produção parada)
Covina, Vila F.Xira, 1.º turno, 90%
DIA/Minipreço, Qta da Piedade, 100%
EDP, Carregado, ATM, 1.º turno, 100%
Escolas de VF Xira (pessoal auxiliar e administrativo): EB 2,3 de Martinho Vaz, 20%; EB 2,3 Sousa Martins, 100%; EB 2,3 Forte da Casa, 60%; EB 2,3 Vialonga, 100%; EB1-2 Vialonga, 100%EB1-3 Póvoa de St.ª Iria, 100%; EB1-4 Póvoa de Stª Iria, 100%
Pluricoop, lojas Alhandra, Alverca Bom Sucesso, Alverca Unipovo, VF Xira, Sobralinho, todas a 100%
Tudor, VF Xira, 1.º turno, 90% (produção parada)