CDU rejeita encerramento de estações de correios em Sintra

mini-CTT pedro venturaO ataque aos serviços públicos perpetrado por este governo tem-se revestido, ao longo deste últimos dois anos, de constantes ameaças ao bem-estar das populações.
Neste momento, o governo prepara-se para privatizar os CTT que, relembre-se, são sustentáveis e atribuem cerca de 60 milhões de euros ano ao Estado, sendo por isso elemento de qualidade de vida das populações e financiamento do funcionamento do aparelho de estado.

Com o intuito de tornar mais fácil o processo de privatização, o governo tudo tem feito para degradar a prestação do serviço dos correios.
Neste processo de degradação do serviço e da imagem dos CTT é peça fundamental o encerramento de estações.
A CDU sabe que os CTT se preparam para encerrar, no curto prazo, as seguintes estações de correio: Algueirão, Belas,  Colares, Queluz e São João das Lampas.
Perante mais este ataque aos serviços públicos e bem estar das populações afectadas, a CDU reitera o seu compromisso de tudo fazer para evitar a privatização de mais serviços públicos, neste caso dos CTT, utilizando todos os meio ao seu dispor em defesa dos Sintrenses