Domingos Abrantes e Conceição Matos na Escola do Cadaval

13237590 1098022846907366 7991363983615255701 nFoi uma iniciativa de sucesso junto dos alunos do 6º e do 9º ano da Escola do Cadaval. Na semana passada, Domingos Abrantes e Conceição Matos falaram da história da sua vida, buscando memórias dos tempos de luta e resistência, explicando aos mais novos as duras condições daqueles que estiveram na clandestinidade.

 A iniciativa realizou-se no âmbito da publicação do livro “No Limite da Dor”, de Ana Aranha e Carlos Ademar, a partir de conversas onde estes homens e mulheres vão ao fundo das suas memórias, um exercício nem sempre fácil e por vezes doloroso. Falam dos sofrimentos, dos medos, mas também da coragem que sentiram na época e da forma como têm vivido e convivido com esta parte do seu passado. O fascínio do auditório ficou bem patente na forma calorosa como homenagearam os dois convidados, fazendo, desde logo, o pedido às professoras para que no próximo ano lectivo tenham de novo a oportunidade de contar com a sua visita, para que mais histórias e memórias sejam desfiadas.

Ver mais em