Amanhã 26 de Maio volta a ser Feriado!

13247751 1227224567297225 6809522529411141554 oNos últimos 3 anos este feriado não existiu. Foi um dos feriados roubados pelo Governo do PSD/CDS-PP. É um dos feriados e dos direitos repostos pela luta dos trabalhadores, pela acção do PCP, na nova fase da vida política nacional. Deixou de ser um dos quatro dias de trabalho forçado e não pago. Os quatro serão repostos este ano, pondo fim a essa injustiça.

Ler em PDF

 

Acção e Organização do Partido nas Empresas e Locais de Trabalho.

6f3b5069-7e96-4c02-8478-6ea69730dfe3A Direcção da Organização Regional de Lisboa realizou no dia 21 de Maio um Encontro de Quadros sobre a No Encontro fez-se um balanço ao trabalho realizado desde a VIII Assembleia da ORL realizada em Abril de 2015, os avanços, os obstáculos a ultrapassar, e as perspectivas e medidas a tomar para o reforço do Partido. 

Continuar...

PCP propõe 35 horas para todos os trabalhadores

get imgUma luta que assinala este ano 130 anos e se reveste de uma profunda atualidade face aos tempos que vivemos de agravamento da exploração, empobrecimento, e desvalorização do trabalho. Os trabalhadores portugueses e as suas organizações representativas têm tido como uma das grandes referências na sua ação a redução progressiva do tempo de trabalho, sem redução remuneratória nem perda de outros direitos conquistados, consagrados quer por via legal quer por via convencional, através da contratação coletiva.

Ler em

Por uma Escola Pública e inclusiva em toda a escolaridade obrigatória

011020142249-497-examesDo Estado é a responsabilidade de realizar os investimentos e garantir as condições que tornem efetivo esse direito: os necessários meios humanos e materiais, programas adequados, currículo flexível, turmas menores (para todos os alunos, devendo ser ainda mais reduzidas quando integram alunos com necessidades especiais), instalações adaptadas, materiais acessíveis, ajudas técnicas, formação inicial, contínua e especializada dos diversos agentes educativos, equipas multidisciplinares e multiprofissionais, entre outros recursos indispensáveis à inclusão.

Ler em PDF

PCP defende e apresenta proposta de Reposição das Freguesias

11063576 YODyDSob falsos argumentos, PSD e CDS avançaram com a extinção de mais de um milhar de freguesias no país, assente numa opção política e ideológica (expressa também no Pacto de Agressão da Troica que tinha como principal objetivo a subversão do Poder Local Democrático e que se traduziu no empobrecimento do nosso regime democrático. Do ponto de vista financeiro, o impacto foi praticamente nulo, mas do ponto de vista da proximidade das autarquias e dos eleitos às populações o impacto foi muito significativo.

Ler em PDF