Trabalhadores da fundição Dois Portos em luta

mini- MG 7323Os trabalhadores da Fundição Dois Portos, empresa de Torres Vedras que emprega cerca de 100 trabalhadores, protestaram hoje no Camões, em Lisboa. Estes trabalhadores lutam pela viabilização da empresa e contra os pagamentos em atraso, nomeadamente o subsídio de férias de 2012 e os subsídios de Natal de 2011 e 2012.

Miguel Tiago, deputado do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, esteve presente em solidariedade com os trabalhadores e realizou uma intervenção.

A empresa tinha em desenvolvimento, no âmbito do QREN, um processo de investimento aprovado para mudança de instalações e construção de uma nova fábrica. Apesar disso, a banca suspendeu ou cortou os financiamentos previstos, o que levou à descontinuidade do projecto. A empresa recorreu posteriormente a um Plano Especial de Revitalização (PER) que, mesmo sendo votado favoravelmente pelo Estado e pelos trabalhadores, acabou por não ser aprovado pela maioria dos credores.

Como consequência, o Administrador Judicial Provisório requereu ao Tribunal Judicial de Torres Vedras a insolvência da empresa. Entretanto, foi já proferida sentença de declaração de insolvência, que decorre actualmente os seus trâmites legais.

A Fundição Dois Portos exporta 50% da sua produção e é estratégica para o desenvolvimento da Região Oeste do Distrito de Lisboa.