PCP exige apuramento de responsabilidades das multinacionais nos incidentes no Aeroporto de Lisboa

lucrosprimeiroNa semana passada, o Aeroporto de Lisboa foi praticamente paralizado por problemas na bombagem de combustível. As explicações dadas pelas multinacionais responsáveis pelo serviço (Vinci e Petrogral) são inverosimeis, e o comportamento dos ditos reguladores foi criar comissões de inquérito para enterrar o problema. O PCP chamou a questão à Assembleia da República.

Ler Requerimento em PDF